A viagem das Carrancas

Art

“As viagem das carrancas são esculturas colocadas na proa dos barcos, geralmente representando um animal real ou imaginário”

Explica Lorenzo Mammi, curador da mostra A Viagem das Carrancas, que esteve em cartaz na Pinacoteca do Estado, em São Paulo, e conta com fotos de Pierre Verger e Marcel Gautherot.

Mestre Afrânio, natural de Barreiras, na Bahia, foi o primeiro escultor conhecido de carrancas, e Mestre Guarany (1882-1985) foi o mais conhecido e respeitado.

 

“Desde o início, as carrancas de Mestre Guarany notabilizam-se pelos traços grotescos, que se tornaram uma característica recorrente do gênero. No entanto, muitas das figuras de proa mais antigas, de autoria desconhecida, são bastante realistas. É o caso de uma série de cabeças de leão, de contornos quase clássicos, e da maioria cavalinhos, destinados geralmente a embarcações menores”, completa Mammi.

 “Carrancas are sculptures placed in the bow of the boat, usually representing a real animal or imaginary,” said Lorenzo Mammi, curator of the exhibition The Journey of Carrancas, at Pinacoteca do Estado, São Paulo, and photos by Pierre Verger and Marcel Gautherot.